Migração de projetos de engenharia de software CAD 2D para 3D (Parte 2)

June 19, 2017

No post anterior, apresentamos um pouco sobre como a migração de projetos 2D para 3D é mais simples e fácil do que imaginamos. Além disso, abordamos as vantagens da tecnologia 3D e como ela pode transformar a indústria atual.

 

   Vamos falar agora um pouco sobre o que é possível fazer no software CAD 3D e o sucesso que ele faz nas indústrias atualmente!


 

 

PROCESSOS QUE VOCÊ PRECISA FAZER, MAS NÃO PODE FAZER EM 2D

 

  • Acelerar as aprovações — obter as aprovações necessárias da gestão e/ou dos clientes é o primeiro grande obstáculo no desenvolvimento de produtos. Em 2D, isso é ainda mais difícil porque conseguir as aprovações de pessoas sem conhecimento técnico em desenhos 2D, principalmente no caso de projetos complexos, pode ser um processo lento, difícil e desafiador, além de causar atrasos.

  • Fazer alterações rápidas aos projetos, com facilidade — os engenheiros precisam lidar com mudanças nos projetos todos os dias. Com a tecnologia 2D, cada mudança no projeto requer atualizações manuais trabalhosas e demoradas nas várias vistas do desenho. No caso das montagens, as alterações nos projetos 2D tornam-se uma tarefa desafiadora devido à necessidade de atualizar outras peças que fazem parte da montagem e sofrem impactos com a alteração do projeto inicial. Além da lentidão, as alterações nos projetos em 2D estão muito propensas a erros.

  • Ver o progresso dos projetos — os engenheiros que trabalham em 2D sofrem muita pressão para visualizar projetos em desenhos 2D. O projeto de uma montagem pode sofrer choques e interferências, que só seriam notados se você pudesse ver como é a interação entre os componentes da montagem. Encontrar esses problemas em 2D é algo demorado e difícil, mesmo para os profissionais mais experientes.

  • Criar animações e renderizações fotorrealistas — precisa demonstrar o funcionamento de um conceito de projeto para clientes, gerentes e parceiros usando animações? Suas equipes de vendas e marketing precisam de imagens de projeto fotorrealistas para apresentar novos produtos ao mercado ou publicar seu catálogo de produtos? Em 2D, você simplesmente não consegue criar imagens e animações 3D atraentes e esteticamente interessantes para atender a essas necessidades.

 

  • Validar e otimizar o desempenho — como engenheiro, você provavelmente sempre se pergunta sobre hipóteses e possibilidades, mas não consegue as respostas necessárias porque não pode fazer análises de desenhos 2D com facilidade para simular o comportamento do projeto. Assim, não é possível obter os insights que ajudariam a validar ou otimizar um desenho para melhorar o desempenho, economizar materiais ou melhorar a capacidade de fabricação.

  • Reutilizar projetos, componentes e montagens — os novos produtos são, em sua maioria, versões modificadas de modelos anteriores. A reconfiguração ou o ajuste de projetos de peças e montagens em 2D é um processo tão tedioso que você pode optar por começar do zero, o que limita a sua capacidade de reutilizar valiosos recursos existentes.

  • Colaborar com eficácia — como é a sua colaboração com clientes e colegas sem conhecimento técnico, como o pessoal de marketing, vendas, finanças e logística, que participa cada vez mais das equipes de análises de projetos em 2D? Com desenhos em 2D, é difícil interagir com eficácia com pessoas que não estão acostumadas ao CAD 2D, o que pode resultar em interpretações equivocadas, erros e perda de chances de obter opiniões importantes.

  • Produzir propostas de destaque — não é possível esperar que as propostas baseadas em desenhos 2D apresentadas para solicitação de orçamento (RFQ, Request For Quote) se destaquem em meio a propostas repletas de animações e imagens renderizadas em 3D. Obviamente, os possíveis clientes não fazem suas escolhas com base apenas no estilo e certamente avaliam o conteúdo das propostas. Ainda assim, as propostas com base em 2D perdem muitas oportunidades de negócios porque as empresas estão, cada vez mais, preferindo receber propostas em 3D.

  • Levar os projetos direto para a fabricação — com o 2D, os engenheiros de produção geralmente precisam converter os desenhos 2D em um modelo CAD 3D para gerar os caminhos necessários nas máquinas que utilizam programas CAM 3D e liberar o projeto para produção. Essa etapa intermediária leva tempo e não permite levar os projetos direto para a fabricação. O CAD 3D e o CAM integrados permitem que os usuários modifiquem o projeto e aproveitem a atualização automática dos dados de caminho da ferramenta NC.

 

  • Aproveitar a impressão 3D para realizar prototipagem rápida — com os desenhos em 2D, não é possível utilizar as mais recentes tecnologias de impressão 3D e prototipagem rápida para "imprimir" amostras pontuais ou protótipos com rapidez, a menos que você recrie o projeto 2D na forma de modelo 3D. Essa metodologia cria outra etapa desnecessária que você pode evitar completamente com a migração para a tecnologia 3D, que simplifica o gerenciamento de dados e produtos e permite que os sistemas automatizados de fabricação e inspeção leiam as dimensões e tolerâncias diretamente dos modelos 3D, eliminando erros.

 

 

A TECNOLOGIA 3D VIABILIZA MAIS SUCESSO NOS NEGÓCIOS

 

   Com o fornecimento de ferramentas que permitem trabalhar de forma mais inteligente, executar tarefas que economizam tempo e que não são possíveis com a tecnologia 2D e criar dados de projetos 3D úteis para outras funções, a migração para a tecnologia CAD 3D pode ajudar a sua empresa a obter ganhos de produtividade, otimizar o fluxo de trabalho e aproveitar mais a inovação que gera sucesso nos negócios. Os benefícios amplamente documentados da migração para a tecnologia 3D, como economia de tempo, redução de custos, melhoria da qualidade e eficiência para o fluxo de trabalho, não surgem isoladamente e podem ter diversos impactos positivos sobre o desempenho geral da sua organização.

 

    Como a tecnologia 3D é mais rápida, a sua empresa poderá aumentar a produtividade de desenvolvimento de produtos sem adicionar os recursos que seriam necessários para isso no uso da tecnologia 2D. Conforme você conhece e aprende a usar melhor os projetos em 3D, suas contribuições deixam de se limitar ao aumento no rendimento e chegarão às linhas de produtos, ao desenvolvimento de produtos inovadores e/ou à concentração em pesquisa e desenvolvimento. Os ganhos de produtividade e eficiência da migração para a tecnologia 3D possibilitarão o crescimento da sua empresa em seus mercados de atuação, mas também abrirão caminho para a captura de novos mercados e o desenvolvimento de produtos inovadores.

 

 

 

    Em suma, a migração para a tecnologia 3D pode ajudar a sua empresa a substituir tarefas repetitivas e desnecessárias com um processo de desenvolvimento de produtos simplificado e mais eficiente que ofereça resultados reais.

 

 

A TECNOLOGIA 3D TORNA O SEU TRABALHO MAIS FÁCIL, MAIS PRODUTIVO E MAIS GRATIFICANTE

 

   A migração para projetos 3D eliminará as tarefas repetitivas, os esforços desperdiçados e a agitação que consomem boa parte do tempo que você dedica a projetos em 2D, além de ajudar você a se concentrar naquilo que mais gosta, nos projetos. Em vez de fazer você se concentrar em desenhos de produção, na atualização de vistas de desenhos e na verificação de atualizações de desenhos, a tecnologia 3D permite que você se concentre mais no projeto, na engenharia e na produção de produtos. Isso ajuda você a colaborar com mais eficiência com colegas, clientes, parceiros, fornecedores e outros departamentos da sua empresa, além de ajudar você a continuar inovando e se aperfeiçoando.

 

A tecnologia 3D melhora o seu desempenho

 

   Com a modelagem de projetos de produtos com mais eficiência, o fornecimento de projetos de produtos com mais precisão e as mudanças a projetos com mais rapidez e facilidade, você aprimora o seu trabalho como engenheiro. No entanto, essas são apenas algumas das possibilidades que a tecnologia 3D viabiliza em termos de desempenho. Com a visualização completa dos projetos, a melhora na comunicação e as soluções especializadas integradas, a tecnologia 3D minimiza problemas de fabricação, melhora a colaboração, melhora o desempenho dos produtos e aproveita oportunidades de automação.

 

 

 

   Os projetos em 3D permitem verificar automaticamente se há interferências e choques nas montagens, bem como localizar orifícios desalinhados, de forma que isso não cause atrasos nem acarrete custos desnecessários. Pelo menos um sistema 3D (o SOLIDWORKS) também permite avaliar a capacidade de fabricação de seus projetos. Assim é possível verificar se é necessário ou não modificar seu modelo para reduzir os custos das operações de usinagem, moldagem, fundição/forja, fabricação e montagem.

 

   Com a migração para a tecnologia 3D também é possível aproveitar as ferramentas de análise de projetos integradas, que permitem simular o comportamento do projeto com as cargas específicas e as condições de contorno do ambiente operacional próprio de seu produto. Com essas informações, você pode modificar os projetos para reduzir as tensões que propiciam as falhas em campo, reduzir o peso da alavancagem do desempenho ou cortar custos com a redução do consumo de materiais, sem deixar o desempenho de lado.

 

   Com a tecnologia 3D, você também pode automatizar processos importantes, como a geração automática da lista de materiais (BOM, Bill of Material) com base no modelo em questão, sem a necessidade de inserir as informações ou fazer verificações manualmente. Você pode aproveitar as configurações para criar, automaticamente, projetos para famílias de produtos ou modelos de produtos parecidos ao projeto inicial, com pequenas variações de comprimento, tamanho, peso, capacidade etc. Você pode até mesmo utilizar os dados da ferramenta CAD 3D para automatizar a criação de instruções de montagem e da documentação do produto.

 

 

 

 

A tecnologia 3D ajuda a colaborar com mais eficiência

 

   A facilidade da visualização dos projetos e da comunicação com a tecnologia 3D permite colaborar mais e com mais eficiência com colegas, clientes, parceiros, fornecedores e outros departamentos da sua empresa. Você pode criar, com rapidez e facilidade, animações e renderizações fotorrealistas para ilustrar novos conceitos de projetos, utilizar aplicativos como o SOLIDWORKS eDrawings® para enviar modelos 2D e 3D compactos por e-mail para análise de clientes e parceiros ou importar e exportar dados em diferentes formatos de arquivo CAD.

 

 

 

   A flexibilidade para criar vários tipos de imagens e dados em CAD 3D, com o apoio de informações de engenharia, dimensão, formato e materiais inerentes ao modelo 3D, é essencial porque a maioria dos fornecedores está adotando a tecnologia 3D como padrão. Muitas dessas empresas não aceitam mais arquivos em 2D e, por isso, ter dados em 3D é cada vez mais importante no trabalho com parceiros externos.

 

   Os dados em 3D também ajudam você a fornecer suporte a usos e processos da sua empresa com mais eficiência, o que pode ser um problema com desenhos em 2D. Com a tecnologia 3D, é possível criar propostas mais atrativas e dinâmicas, fornecer suporte às funções de cotação e estimativa com dados em 2D e 3D para aumentar a objetividade, automatizar a criação de instruções de montagem e da documentação dos produtos, simplificar a liberação para a produção com a execução de operações CAM diretamente por meio do modelo 3D e fornecer ao pessoal de vendas/marketing as imagens em 3D necessárias para garantir o sucesso nas apresentações dos produtos.

 

A tecnologia 3D ajuda engenheiros a inovar e crescer

 

   A migração para a tecnologia 3D também ajuda os engenheiros a continuar se profissionalizando e inovando, o que aumenta a sua eficiência, aprimora as suas contribuições e potencializa o seu impacto no desenvolvimento de produtos e em outras tarefas. A tecnologia 3D permite que você se concentre no projeto, e não nos requisitos do desenho, para concretizar o seu potencial criativo. Ela também aumenta o seu conhecimento no processo de fabricação e a ter uma visão geral de como o desenvolvimento de produtos afeta outras funções na sua empresa através do uso dos dados dos projetos 3D em outras áreas.

 

   O seu amadurecimento como profissional de engenharia é extremamente importante para a sua organização, pois isso prepara você para aproveitar novas abordagens, metodologias e tecnologias que contribuem para a competitividade e o sucesso da sua empresa. Durante muitos anos, por exemplo, os desenhos de engenharia 2D foram a base para a fabricação, mas uma nova metodologia de definição baseada em modelo (MBD, Model-Based Definition) está surgindo. Ela substitui os desenhos 2D por modelos sólidos em 3D, com todas as informações de engenharia que constam nos dados 3D, como dimensionamento e tolerância de formas, materiais dos componentes, listas de materiais (BOMs) das montagens e configurações de engenharia. A MBD é uma grande promessa para fazer configurar a fabricação com apenas um botão, semelhante ao envio de um modelo para uma impressora 3D.

 

  Com a tecnologia 3D, você estará pronto para ajudar sua organização a adotar métodos inovadores como a MBD, o que permitirá que você e sua empresa continuem crescendo e prosperando.


 

 

Gostou do que viu até agora? Na última postagem dessa série, vamos mostrar como o SOLIDWORKS, irá te auxiliar na migração do CAD 2D para 3D! Não perca!

 

Venha conferir também um infográfico que preparamos para você com os:

5 Benefícios do CAD 3D para Engenheiros!

 

 


Mais informações ou dúvidas entre em contato!

 

 

4i Engenharia - Revenda Oficial do SolidWorks 

 

 

Texto extraído do documento "Atualização de 2D para 3D contribui para o seu sucesso e o da sua empresa", desenvolvido pela Dassault Systemes SolidWorks e disponibilizado para os VARs da SolidWorks.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque