Incubadora de Empresas: Qual o ganho real deste processo?

February 9, 2017

    Com o atual “boom” de startups surgindo nos últimos anos, alguns termos e instituições inerentes deste ambiente também vão aparecendo e ganhando destaque no cenário de inovação. Uma instituição que podemos destacar são as Incubadoras de Empresas, as quais possuem um papel muito importante para as startups.

 

    Semelhante ao significado de incubadoras para bebês recém-nascidos, as Incubadoras de Empresas são instituições que tem como objetivo apoiar as empresas nascentes ou com pouco tempo de operação nas suas primeiras etapas de vida, ajudando a desenvolvê-las e torná-las “saudáveis” para que consigam entrar no mercado e concorrer com as empresas já estabelecidas. As empresas que se encontram nas incubadoras são chamadas incubadas e apresentam uma oferta de produtos e/ou serviços com significativo grau de inovação.

 

    As incubadoras disponibilizam as empresas incubadas consultorias nas áreas fundamentais do negócio como: gestão empresarial, gestão tecnológica, gestão estratégica, contabilidade, marketing, assistência jurídica, captação de recursos, propriedade industrial e muito mais. Além disso, auxiliam no desenvolvimento do produto, modelo de negócio e aproximam de parceiros chaves através do networking.

 

    O baixo valor da mensalidade cobrada para instalação nas incubadoras também é um fator importante, pelo fato da falta de fluxo de caixa inicialmente nas empresas. Entretanto, isto não pode ser considerado o principal benefício destas instituições.

 

    Para entrar em uma incubadora, em geral, existe um processo de seleção para avaliar o grau de amadurecimento da empresa ou ideia do negócio. Pessoas físicas podem participar do processo, desde que atendam as premissas de negócios inovadores e que pretendam abrir empresa para colocar o negócio para frente. Dependendo da avaliação das incubadoras, as empresas ou ideias de negócio podem entrar em uma fase anterior à incubação, que é a Pré-Incubação.

 

    Na Pré-Incubação é oferecido o apoio para que os empreendedores transformem a ideia em um modelo de negócio viável e que evolua como futura empresa, para ser possível entrar na fase de incubação preparada e com um maior amadurecimento, estando prontas para se desenvolver como pessoa jurídica.

 

    A 4i Engenharia é uma empresa incubada na Incubadora Áity, a qual está dentro do Parque Tecnológico da Bahia. Instalada desde o segundo semestre de 2016 na Áity, a empresa já contou com o apoio da incubadora em diversas consultorias e mentorias, além das novas oportunidades de desenvolvimento de produtos e serviços. É perceptível a evolução da empresa nesses últimos meses, confirmando assim os reais benefícios que uma incubadora pode oferecer.

 

    Para saber maiores informações sobre incubadoras de empresas em cada estado do Brasil, o SEBRAE pode auxiliar nessa busca. Basta entrar em contato com o SEBRAE do seu estado clicando aqui.

 

Fonte da imagem: http://zedassilva.blog.uol.com.br/

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

SENAI Cimatec Park: Saiba o que rolou na inauguração!

November 13, 2019

1/8
Please reload

Posts Recentes