9 critérios para escolher um sistema CAD 3D

Nos setores que trabalham com a manufatura discreta, o software CAD 3D tornou-se o padrão para a concepção de produtos, ferramentas e equipamentos de fabricação. Nas indústrias de processos, os sistemas 3D são cada vez mais empregados no projeto de fábricas e sistemas de produção. A explosão da tecnologia de impressão 3D está trazendo um número cada vez maior de novos projetistas para o mercado dos programas de software CAD 3D.


Algumas tarefas serão sempre feitas no CAD 2D, mas a quantidade de pessoas que compram programas de software CAD 3D pela primeira vez continua a crescer. Algumas delas estão começando a usar a tecnologia CAD, outras têm experiência com CAD e há ainda jovens gestores de engenharia que nunca participaram de processos de seleção de CAD 3D. Este documento destina-se a ajudar todos esses grupos a identificar características e funcionalidades importantes dos programas CAD 3D para seus objetivos e suas organizações.



1. PROJETO 3D INOVADOR E EFICIENTE


O destaque da tecnologia CAD 3D é o modelo 3D mestre utilizado em todos os aspectos da produção: projeto de produtos e simulação, criação de rascunhos, projetos de ferramentas, programação de ferramentas com controle numérico e inspeção. O modelo 3D deve representar com exatidão todas as peças dos produtos de sua empresa e o relacionamento entre elas. Para maximizar a eficiência, os projetistas devem poder projetar em 3D com o mínimo de etapas possível, sem comprometer a qualidade do projeto.


Ao avaliar um software CAD, verifique com que eficiência cada pacote cria os tipos de produtos fabricados por sua empresa. Se a sua empresa fabrica peças de chapa metálica, por exemplo, preste atenção às ferramentas especiais usadas para moldá-las e para a geração automática de padrões planos. Se a sua empresa projeta produtos com design arrojado, analise as ferramentas para a criação de superfícies de forma livre e de combinações com curvatura contínua. Os projetistas de maquinaria devem avaliar a facilidade de montar grandes quantidades de peças e de inserir peças padrão, como componentes elétricos e de fixação, a partir de uma biblioteca.


Como as alterações são inevitáveis, avalie a dificuldade de modificar peças e montagens. Um sistema CAD capaz de criar os projetos da sua empresa reduzindo as etapas em 20% oferece vantagens de custo importantes em relação aos sistemas menos eficientes. O sistema CAD 3D com a melhor relação custo-benefício combina recursos técnicos excepcionais com custo de propriedade razoável.



2. FLUXO DE INFORMAÇÕES EM EMPRESAS ESTENDIDAS


No mundo de hoje, poucos fabricantes contam com integração vertical. A maioria dos fabricantes trabalha com comunidades globais de fornecedores de peças, ferramentas, subsistemas, equipamentos de produção e projetos, e qualquer empresa (fornecedores, clientes ou empresas que representam esses dois papéis) pode aproveitar os benefícios do compartilhamento de modelos em CAD 3D.


Quando possível, escolha um sistema CAD que seja muito usado pelo seu setor e comunidade de fornecedores. Essa escolha elimina a necessidade de converter os arquivos de um sistema para outro, um processo demorado e que pode gerar erros.


Verifique também a capacidade de cada sistema de importar arquivos de outros sistemas. Verifique se o seu sistema CAD é compatível com padrões internacionais como STEP, IGES, VDA e IDF. Avalie as ferramentas para reparar danos às formas importadas e verifique se é fácil usá-las e se elas funcionam bem. Se a sua empresa precisa converter muitos arquivos de diversas marcas de sistemas CAD, verifique os conversores diretos disponíveis em cada sistema, além dos fornecidos por terceiros especializados em software de conversão.


Não limite a avaliação do compartilhamento de dados às trocas de arquivos. Os sistemas baseados em hosts de Internet compartilhados permitem que os projetistas colaborem em tempo real com os clientes para explorar opções e identificar boas soluções, com rapidez.


O compartilhamento de dados CAD com clientes ou fornecedores pode gerar uma economia de milhares de horas e semanas no cronograma, em comparação com o custo do redesenho interativo. A capacidade de colaborar em 3D nos produtos e processos pode reduzir os custos, além de ajudar a fornecer produtos superiores.



3. FERRAMENTAS QUE ATENDEM SEUS PADRÕES ATUAIS E FUTUROS NA CRIAÇÃO DE ESBOÇOS


Embora seu projeto seja 3D, os fornecedores e o pessoal que trabalha na fábrica podem precisar dos desenhos. Os desenhos claros mostram informações que não ficam evidentes em modelos 3D, como dimensões e tolerâncias essenciais, especificações de materiais e acabamento de superfície e observações sobre o processamento, como a cura ou tratamento térmico. Verifique se o sistema CAD 3D adquirido pode fazer desenhos de acordo com os seus padrões atuais de dimensão, tolerância, letras e listas de peças. Verifique também se é possível exportar os desenhos em formatos conhecidos, como PDF, DXF e DWG.


A tecnologia CAD 3D está mudando os padrões de desenhos que conhecemos. Os grandes fabricantes estão utilizando modelos 3D com anotações para apresentar as informações que se encontram em outro documento. Esse novo método de "definição baseada em modelo" acelera a criação de esboços, simplifica o gerenciamento de dados dos produtos e permite que sistemas automatizados de fabricação e inspeção leiam as dimensões e tolerâncias diretamente nos modelos 3D, o que ajuda a eliminar erros.


4. FERRAMENTAS PARA LEVAR SEUS PROJETOS DA CONCEPÇÃO À FABRICAÇÃO


Os projetos não geram lucro enquanto não se tornam produtos físicos. Por isso, procure um software CAD 3D com diversas possibilidades de aplicações que possam acelerar o projeto, bem como os testes, a usinagem, o custo estimado e a inspeção.


As empresas que projetam sistemas sob encomenda podem se beneficiar de um software que gere peças e montagens com base nas especificações do cliente, automaticamente. Essas ferramentas podem ser genéricas, como um software de configurações, ou especiais, otimizadas para projetar produtos, como montagens de moldes e cunhos de estampagem.


Como os testes físicos apresentam custos altos e são demorados, você deve tentar reduzir a quantidade de testes físicos com a simulação do comportamento físico, que pode envolver a cinemática, a dinâmica, a tensão, a deformação, a vibração, as temperaturas ou o fluxo de fluidos. Procure sistemas com ferramentas de análise integradas ou interfaces eficientes para o software de simulação de sua preferência.


O software para projetar a parte elétrica pode ajudar a reduzir os erros e a verificar se está correta. O software de estimativa de custo permite que os projetistas alcancem as metas de custo com a revisão de projetos logo nos primeiros estágios, em vez de precisar aguardar as estimativas orçamentárias de outras áreas. O software de inspeção pode reduzir o tempo necessário para preparar documentos para inspecionar peças na entrega.


A escolha das aplicações complementares ideais para os negócios da sua empresa pode reduzir o tempo necessário para disponibilizar os produtos no mercado. Para ter certeza de que você tem as melhores ferramentas, escolha uma plataforma CAD que ofereça diversas opções de soluções e tenha uma interface de programação de aplicativos (API, Application Programming Interface) extensa e bem documentada. As APIs de qualidade também reduzem os custos da integração de aplicativos específicos ao seu sistema CAD para terceiros, além de permitir que os seus programadores criem programas de software adequados às formas como você usa os modelos CAD.




5. AJUDA NO GERENCIAMENTO DE DADOS


As organizações que contam com um grupo maior de projetistas podem aproveitar o software de gerenciamento de dados dos produtos (PDM, Product Data Management) integrado às suas ferramentas de CAD. Como o relacionamento entre os arquivos dos sistemas 3D é muito complexo, é necessário usar um sistema automatizado para armazenar e organizar esses arquivos. Sem o PDM, os projetistas podem sobrescrever os trabalhos uns dos outros, reinventar peças que já foram projetadas e enviar os níveis de revisão errados para os fabricantes, sem ter ideia disso. Esses tipos de erros, quando cometidos repetidamente, podem gerar desperdício de centenas de horas de trabalho todos os anos e de milhares de reais em peças defeituosas.


Os sistemas de PDM podem ir muito além de armazenar e organizar arquivos. Eles também ajudam os projetistas a encontrar peças existentes para reutilizá-las, em vez de reinventá-las, gerar listas de materiais para estimar custos e fornecer dados aos sistemas de planejamento e documentação da produção (MRP, Manufacturing Resource Planning). Os programas de software de PDM mais avançados podem automatizar os processos de controle de alterações para garantir que informações desatualizadas ou não liberadas não sejam enviadas para as fábricas nem para os fornecedores.



6. INOVAÇÃO EM PESQUISA E DESENVOLVIMENTO PARA PROTEGER SEU INVESTIMENTO


A tecnologia da computação está sempre mudando. Se o seu fornecedor de CAD não está participando dessa evolução, em poucos anos você verá que a sua empresa usa um sistema CAD obsoleto e de manutenção custosa. Compre de fornecedores com histórico comprovado de líderes no mercado de fabricação, que tenham equipes de P&D grandes e sofisticadas.




7. RELACIONAMENTOS COMERCIAIS AGRADÁVEIS


Acredite ou não, algumas das maiores fontes de atrito entre compradores de software CAD e seus clientes são os aspectos comerciais não-técnicos do relacionamento. Assim como as empresas aéreas que desagradam os clientes com taxas extras por bagagem despachada, alterações de voo, bebidas e cobertores, alguns fornecedores de CAD aplicam taxas ocultas aos softwares e serviços que são necessários para a maioria dos clientes.


Para evitar problemas e reduzir custos, procure fornecedores que ofereçam pacotes de software sem pontos obscuros e com tudo de que você precisa. Analise os termos de licenças flutuantes que permitam aos projetistas que não precisam de CAD em tempo integral compartilhar as licenças. Certifique-se também de que seus melhores projetistas possam usar o software no trabalho e em casa sem problemas.


8. CURVA DE APRENDIZADO CURTA


Adotar métodos 3D requer treinamento e experiência. Por isso, selecione um sistema que seja fácil de aprender e capaz. Procure um sistema com uma interface do usuário consistente em todas as funções. Verifique se os procedimentos de projetos e fabricação fluem com lógica do princípio ao fim. Alguns sistemas contêm armadilhas ocultas que interrompem os projetistas no meio do caminho e os obrigam a começar tudo de novo.


Desenvolver seus próprios materiais de treinamento é caro. Escolha um sistema com tutoriais integrados, uma rica variedade de recursos de aprendizado baseados em computador e uma comunidade on-line vibrante que permita aos projetistas fazer perguntas e obter respostas. Você também quer um sistema que seja ensinado nas escolas e universidades locais, permitindo que você contrate estudantes prontos para o trabalho.




9. UM REVENDEDOR QUE PODE AJUDAR


A venda é apenas o começo de um relacionamento bem-sucedido com o seu revendedor de software CAD. Compre de um revendedor com habilidade e experiência para ajudar você a integrar projetos 3D à fabricação, com êxito. Descubra quantos clientes de sistemas 3D os revendedores potenciais treinaram e prestaram suporte. Verifique a disponibilidade de treinamento de qualidade. O revendedor oferece suporte a um grupo viável de usuários? O revendedor oferece treinamento contínuo para ajudar a melhorar seus processos de projeto e fabricação?


Peça o currículo da equipe técnica e entreviste-os antes da compra. Pergunte aos clientes citados como referência se a equipe técnica do revendedor consegue resolver problemas difíceis. Um bom suporte local pode ser a diferença entre a adoção de alto custo de um novo software CAD e uma migração que colabore para os seus objetivos de negócios atuais e futuros.




10. NENHUM PADRÃO GERAL


Nem todos os critérios listados acima se aplicam a todas as organizações. Para fazer escolhas inteligentes, é necessário pensar em todos os detalhes e ter profundo conhecimento das necessidades de engenharia de sua empresa.


O maior erro que qualquer empresa pode cometer é selecionar um sistema 3D sem pesquisar. Entre em contato com pelo menos três revendedores para conhecer os recursos dos pacotes de software disponíveis e as empresas de suporte dos fornecedores. As escolhas erradas geram desperdício de tempo e dinheiro. Não tome decisões emocionais com base em preferências de marca nem em critérios muito limitados. Pense em todos os recursos dos quais a sua empresa precisa para disponibilizar produtos melhores no mercado, com mais rapidez.



Mais informações ou dúvidas entre em contato!



4i Engenharia - Revenda Oficial do SolidWorks

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga-nos
  • facebook
  • instagram
  • linkedin
  • youtube
4i Engenharia - Facebook
4i Engenharia - Instagram
4i Engenharia - LinkedIn
4i Engenharia - YouTube
4i Engenharia - Revenda SOLIDWORKS