3 dicas de ferramentas de engenharia em projetos automotivos

Saiba como os softwares de engenharia CAD e CAE ajudam as empresas automobilísticas em seus projetos

A indústria automotiva representa um grande percentual do PIB industrial no Brasil (cerca de 22%, de acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços). Para o desenvolvimento dos seus projetos, inúmeras tecnologias são utilizadas, para melhorar a eficiência do processo produtivo e trazer outros benefícios, como redução de tempo e prazos de lançamento.


Para isto, algumas ferramentas importantes de softwares de engenharia são utilizadas (CAD, CAE, CAM, PDM, entre outras).


Vamos apresentar nesse post 3 dicas de ferramentas de engenharia em projetos automotivos, de acordo com indicação de clientes e especialistas no setor!



1 – Simulação de Movimentos


Com esta ferramenta é possível reproduzir o movimento de um determinado mecanismo para realizar sua análise de forma virtual (sem custos de fabricação de protótipos iniciais).

Usando o exemplo do braço de controle de um sistema veicular, é possível avaliar as reações da junta, efeitos de inércia, consumo de energia, tudo isso através de softwares (do tipo CAE, nesse caso). Estas simulações de movimento respondem a algumas perguntas típicas, como, por exemplo, a rapidez com que é interrompida a oscilação da suspensão após roda do veículo colidir com o acostamento, amortecimento necessário na estrutura, tensões inseridas nos braços e buchas e muitas outras respostas.




Posteriormente, após as análise e decisões de quais devem ser as alterações no projeto, pode ser realizado novos posicionamentos do conjunto de peças, alterações nas peças ou até mesmo mudança de materiais, para uma nova simulação e avaliação dos novos resultados. Isto é possível, ao usar os softwares CAD de forma integrada com o CAE.

Com a simulação de movimentos, é possível então otimizar o projeto em relação a tempo e custos, melhorando o seu desempenho dentro do ambiente operacional


2 – Gerenciamento de Dados


A implementação de um sistema de PDM (Product Data Management) é uma etapa mais gerenciável e acessível para fabricantes tradicionais. Com o uso de dados CAD 3D em conjunto com uma solução de PDM, é possível aprimorar os processos fundamentais de projeto e engenharia de produtos que oferecem suporte à fabricação automatizada, enquanto aumentam a produtividade em cada estágio do seu processo de desenvolvimento existente.




À medida que a migração de sistemas CAD 2D para 3D continuar acelerando, as organizações de manufatura precisarão de soluções automatizadas para gerenciar, utilizar e aproveitar (e reaproveitar) os dados de projeto CAD 3D. Os arquivos 3D contêm uma variedade de referências, associações e inter-relacionamentos que os vinculam a outros arquivos, como peças, desenhos, listas de materiais (BoMs), várias configurações, montagens, programação de controle numérico e documentação.


No mundo 3D, os engenheiros precisam de um sistema para gerenciar, preservar e proteger, visando impedir a corrupção de dados, substituição de arquivos, associações de arquivos perdidas e erros de dados onerosos



3 – Estudo de Topologia (Otimização)


Os engenheiros quase sempre precisam lidar com otimizações de objetivos variados. Na maioria dos casos, a redução de peso é o principal objetivo nessas otimizações. Para conseguir bons resultados e de forma eficiente, é necessário analisar estes pontos nos estágios iniciais do processo de projeto, pois, à medida que um projeto evolui, ele tende a se tornar cada vez mais complexo, tornando-se mais difícil avaliar e implementar alterações.


No estágio conceitual de um projeto, o engenheiro pode utilizar softwares de engenharia para verificar se o projeto básico apresenta, por exemplo, materiais, espessura de parede, recursos de rigidez e métodos de fixação que podem ser otimizados. Para ter certeza de que um produto competitivo está atuando como desejado, é válido explorar configurações otimizadas nos estágios iniciais de desenvolvimento do produto.



É possível obter muito mais ao se permitir que o programa de otimização ofereça a percepção da situação, para depois entender as várias implicações dos dados. A otimização ajudará o engenheiro de projeto a aumentar seu conhecimento em relação ao comportamento do produto e aprimorá-lo.


Como sabemos, as ferramentas existentes nos softwares de engenharia, impulsionam o projeto de produtos automobilísticos, permitindo ganhos enormes.


Apresentamos 3 dicas de algumas dessas ferramentas, mas se tiver interesse em outras dicas, informações ou como estas tecnologias podem ser inseridas na sua empresa, basta entrar em contato conosco!


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga-nos
  • facebook
  • instagram
  • linkedin
  • youtube
4i Engenharia - Facebook
4i Engenharia - Instagram
4i Engenharia - LinkedIn
4i Engenharia - YouTube
4i Engenharia - Revenda SOLIDWORKS