Juventude x Experiência: o que aproveitar de cada um

January 19, 2017

     Uma questão que sempre permeia as empresas, principalmente durante a contratação dos seus colaboradores, é: selecionar um funcionário com mais experiência ou um jovem recém-formado?


   Alguns especialistas e consultores afirmam que o ideal é combinar a experiência e a juventude dentro de uma empresa, para que exista um equilíbrio saudável e que este contribua para o crescimento do negócio. Alguns anos atrás a falta de experiência era um fator crítico para as empresas. Se não tem experiência, não serve para trabalhar nesta. Mas, como obter experiência, se as portas para obtê-las não eram abertas?


   Este cenário foi sendo alterado nos últimos anos, através da demonstração dos jovens da sua capacidade, atualização, inteligência e criatividade. Estes itens são indispensáveis para qualquer empresa nos dias de hoje e, se não houver pessoas com essas características, a competitividade da empresa no mercado é reduzida.


   Segundo Décio Silva, Presidente do Conselho de Administração da WEG, "Nos dias de hoje, toda experiência que importa é aquela adquirida nos últimos cinco anos. Qualquer coisa além desse tempo tem importância zero. Porque o que importa hoje é a capacidade que o profissional tem de desaprender. De substituir conhecimentos antigos e ultrapassados por conhecimentos novos e atualizados”.


   Para as engenharias, no geral, a experiência ainda possui um grau de diferenciação muito elevado. O conhecimento adquirido durante anos de trabalho ainda faz a diferença em muitas situações. Entretanto, esses profissionais também precisam se reciclar e renovar, o que abre a oportunidade para os jovens engenheiros formados.


   O tempo, tecnologia, economia e cultura mudaram muito nos últimos anos, principalmente com a globalização. As informações são obtidas com uma velocidade e facilidade muito rápida, sendo disponível para todos. Assim, a criatividade, inteligência e conhecimento multidisciplinar permitem abordagens de problemas de forma diferente da usual, possibilitando resolvê-los de forma mais eficiente e, consequentemente, com menor custo. Estas características, somadas a energia e disposição dos jovens para executar as atividades, são diferenciais da colaboração dos jovens nas empresas.


   Assim, a juventude e experiência possuem muitos aspectos que podem ser aproveitados por todas as empresas. A seleção depende do perfil de colaborador e características que é desejado, mas acredita-se que a união da experiência e juventude é uma das melhores receitas para os negócios.


   Por fim, vale lembrar que Albert Einstein, Galileu Galilei e Isaac Newton, gênios que marcaram época, realizaram suas grandes descobertas quando ainda eram extremamente jovens e não tinham quase nenhuma experiência!

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

SENAI Cimatec Park: Saiba o que rolou na inauguração!

November 13, 2019

1/8
Please reload

Posts Recentes